Posts

Linfoma

A proliferação maligna dos linfócitos, células do sistema linfático, leva a formação dos LINFOMAS.

Atualmente os linfomas fazem parte de um grupo de doenças extremamente heterogêneo, com diversas peculiaridades.

Em relação aos sintomas, há aumento dos linfonodos, os”gânglios”, que estão presentes em todo corpo, sendo mais evidente no pescoço, axilas e região inguinal.

Além do linfonodos aumentados, frequentemente há febre, sudorese noturna e perda de peso associado.

Para o diagnóstico são necessários exames de sangue, exames de imagem como tomografias e biópsia, a qual definirá o subtipo do linfoma.

Assim como existem diversos subtipos, o tratamento para os linfomas também é muito amplo, levando em consideração a biópsia, o grau de comprometimento da doença (estadiamento clínico) e as condições clínicas do paciente ( idade, doenças associadas e função dos demais órgãos). Por outro lado, não há indicação de tratamento para uma parcela de pacientes, os quais permanecerão apenas em seguimento.

É importante salientar que o diagnóstico assertivo é imprescindível para conduta adequada.

Publicado por Dra. Natalia Zing – 03 de Fevereiro de 2019

Dra. Natalia Zing – CRM/SP 151.758
Médica Hematologista Mestre em Ciências da Saúde
Membro da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular