Síndrome do Túnel do Carpo

Patologia

Trata-se na neuropatia resultante da compressão do nervo mediano dentro do túnel do carpo, estrutura rígida que se situa no punho e se extende pela mão, por onde passam o nervo mediano e os tendões flexores dos dedos.

Situações que possam causar aumento de pressão dentro do túnel do carpo (traumas, inflamações, doenças reumatológicas, lesões por esforço repetitivo, etc) resultam nos sintomas relacionados à compressão do nervo mediano.

Sintomas

O paciente apresenta-se, mormente, com parestesia (dormência) na mão, especialmente nos dedos polegar, indicador, médio e metade do anelar, que costuma ser pior à noite, levando o paciente a perder qualidade do sono.

Diagnósticos

Para o diagnóstico, o exame físico é fundamental. Testes específicos durante o exame, como Phalen, Tinel e Durkan são suficientes. É importante afastar diagnósticos diferenciais, que podem confundir com Síndrome do Túnel do Carpo, como Síndrome do Desfiladeiro Torácico, Diabetes, entre outros. Procure sempre um especialista em Cirurgia da Mão.

Tratamento

Nem sempre é cirúrgico. Casos mais leves podem ser tratados de forma conservadora, com imobilização no período noturno associado ao uso de medicações específicas. Já os casos mais graves, ou aqueles que não apresentem boa resposta ao tratamento conservador, pode ser submetidos ao tratamento cirúrgico.

Publicado por: Dr. Bruno Carmo – 10 de Junho de 2019

Dr. Bruno Leme do Carmos – CRM/SP 152.052 – RQE/SP 78248
Médico Ortopedista e Traumatologista
Membro da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Cirurgia da Mão e Microcirurgia – RQE/SP 78247

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *